Rock in Rio e Seeduc doam painéis solares para escolas estaduais

Rio – Escolas da rede estadual de educação do Rio vão receber 14.600 painéis solares que serão instalados pelo Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) e pela organização do Rock in Rio. De toda a rede, 210 escolas serão beneficiadas com a tecnologia. O lançamento do projeto “Rock in Rio Escola Solar” acontece na tarde deste domingo.

Para serem contemplados com os painéis, os alunos terão que fazer uma redação com o tema “A mudança começa por você.” As unidades de ensino que mais se destacarem ganharão os painéis e os 50 melhores textos vão ganhar um par de ingressos para o festival de 2021. De acordo com o governador do Rio, Wilson Witzel, a proposta vai gerar economia para o estado, que está investindo em melhorias para as escolas.

“A parceria garante não apenas a modernização das unidades, mas também a economia de recursos públicos. Estamos investindo para melhorar a estrutura das escolas, com a aquisição de aparelhos de ar-condicionado para todas as unidades. A partir do ano que vem, 600 escolas passarão a ter turmas em tempo integral e até o fim de nossa gestão, todas as escolas estaduais terão turmas de ensino integral”, explicou o governador.

Os painéis solares captam a luz do sol e a convertem em energia elétrica através do efeito fotovoltaico. A iniciativa permitirá que toda economia gerada pelos painéis seja revertida para as unidades de ensino pelos próximos 25 anos.

“Este projeto pioneiro será muito importante, pois vai gerar economia e, também, promover a sustentabilidade nas escolas públicas. Afinal, a energia solar é uma fonte limpa e renovável, inesgotável e que utiliza a radiação solar para gerar energia elétrica”, afirmou o secretário de Estado de Educação, Pedro Fernandes.

Para o presidente do festival, Roberto Medina, o projeto vai beneficiar não só os alunos de agora, como as gerações futuras.

“Estamos atendendo uma necessidade do presente pensando nas gerações futuras, liderando uma transformação por meio da adoção de uma energia limpa e segura com o menor impacto ambiental. É um legado para o futuro que precisamos construir a partir de hoje”, disse Medina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *