Aneel economiza R$ 33,4 mil por mês com energia fotovoltaica

A adoção de medidas para racionalização de gastos da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), ao longo deste ano, trouxe uma economia de R$ 24,2 milhões do orçamento previsto para suas diversas atividades. Uma importante ação de contenção de despesas foi a instalação da usina fotovoltaica na sede da Agência no final do ano passado, trazendo uma economia de R$ 33,4 mil por mês em contas de luz.

Somando os dez primeiros meses de funcionamento, a economia foi de R$ 334 mil. Os sistemas fotovoltaicos atualmente cobrem 24% do consumo de energia elétrica no órgão regulador.

Outra grande ação da Agência ocorreu na realização de pregões, que até o momento ocasionou na diminuição de R$ 4,2 milhões em relação ao valor inicialmente previsto.

Em seguida, os gastos com a ouvidoria setorial foram reduzidos em R$ 3,6 milhões, somando custos com telefonia e com o novo contrato da Central de Teleatendimento (CTA).

O novo contrato para comunicação digital via chat ou aplicativo também colaborou para economia de recursos. Para o diretor-geral da Agência, André Pepitone, o órgão regulador busca sempre racionalizar seus gastos com gestão eficiente de recursos.

“É fundamental que todos os órgãos públicos tenham essa consciência e realizem ações de controle de custos em benefício do poder público e da sociedade”, comentou Pepitone.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *