PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)
EMAIL

contato@minasolpaineis.com.br

Atendimento

(34) 3512-5850

Sustentável, energia solar diminui valor da fatura e ganha cada vez mais espaço

Sustentável, energia solar diminui valor da fatura e ganha cada vez mais espaço

Segundo especialista, o investimento é recuperado em pouco tempo e quem adere à esta fonte de energia sustentável só tem vantagens.

A energia fotovoltaica, também conhecida como energia solar tem se popularizado no Brasil e Paranavaí não está fora desta rota. A cidade quente, que muitos dizem “ter um sol para cada um”, é o cenário ideal para a instalação das placas de energia, que capturam a matéria prima inesgotável e gratuita: a radiação solar.

Segundo levantamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), desde 2012, os investimentos privados acumulados em sistemas fotovoltaicos nos telhados e em pequenos terrenos já ultrapassam R$ 13,8 bilhões no país. As residências brasileiras representam mais de 70% destas conexões, que somam mais de 228 mil sistemas fotovoltaicos distribuídos por mais de 80% dos municípios brasileiros.

Em Paranavaí, foi inaugurada no ano passado a Usina Fotovoltaica que abastece todos os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) do estado do Paraná. A usina conta com 6.200 placas solares para produzir 263 mil quilowatts/mês, ou seja,100% da energia dos tribunais. Uma economia de, aproximadamente, R$ 4 milhões por ano.

Usina Fotovoltaica de Paranavaí

E não é só isso, de lá para cá, muitos estabelecimentos comerciais e residências ganharam módulos fotovoltaicos, um deles foi o Premier Shopping Business, que instalou, no início deste ano, 128 painéis de energia solar, que vão produzir 6.100 quilowatts/mês.

De acordo com o engenheiro eletricista, Claudir Ghelere Junior, da BGE Energia, empresa responsável pelo projeto fotovoltaico do shopping, a economia será de cerca de R$ 4.800 por mês na fatura de energia do estabelecimento.

O especialista explica, que o investimento feito na instalação do sistema é recuperado em, aproximadamente, três anos e os equipamentos tem grande durabilidade. “O crescimento de energia solar é exponencial. De 2016 para cá, estudos mostram que cresceu de 200 a 300% os projetos dessa área, em nível de Brasil. O setor está muito aquecido”, ressalta.

Ele salienta ainda que, neste período de crise hídrica pelo qual o país passa, a utilização de radiação solar para geração de energia limpa poderia ser uma alternativa para amenizar o problema. “Se tivéssemos bastante recursos de energia solar, não haveria tanta preocupação com os níveis de hidroelétrica, que precisam de grande reserva de água. Além disso, não precisaria ativar as termoelétricas, que são as fontes de energia que mais poluem e aumentam a bandeira tarifária”, ressalta o engenheiro.

Ainda segundo o especialista, a utilização da energia solar só tem pontos positivos. “Tem a questão econômica, que é um retorno muito rápido, tem a questão de sustentabilidade, a liberdade, e outro ponto bem bacana, é a valorização do seu imóvel, que tem um sistema fotovoltaico, capaz de produzir sua própria energia”, finaliza.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn